Queimada

De manhã, um policial morreu.

De tarde, a polícia invadiu.

De noite, a vila queimou.

Foi a polícia, dizem os moradores.

Foi o tráfico, diz a polícia.

Trezentos barracos.

Não sobrou um.

(Visited 112 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.