Resultados da pesquisa para

Porque eu vim da Restinga

A frase foi dita há algum tempo, no meio de uma discussão sobre políticas inclusivas. Dita – sublinhe-se – com a pretensão de ser definitiva. Afinal, pensava meu interlocutor, se alguém da Restinga é capaz de superar as adversidades e chegar onde chegou, isso é uma prova cabal de que as oportunidades são iguais para todos. Logo, nada de políticas inclusivas.
Trata-se de um recurso imemorial, sempre usado na mesma proporção em que ocorre a desigualdade social: quanto maior é, mais existe a necessidade de demonstrar que a sociedade oferece mecanismos de inclusão. Pinçam-se, então, exemplos de pessoas bem sucedidas que vieram de bairros pobres e servem de exemplos vivos acerca da possibilidade de sucesso. Continuar lendo