Resultados da pesquisa para

O ano em que escrevi

O tempo passa e a gente com ele, mas, como tudo se renova, as coisas que a gente fazia e deixou de fazer devem ser substituídas por novas. Que deem prazer, de preferência.
Quando saí da presidência da AJURIS, senti que havia acabado um ciclo, não só porque ficara para trás um momento de intensa atividade política, mas também porque precisava me reinventar profissionalmente. Continuar lendo